Como Participar de Feiras de Artesanato

Como Participar de Feiras de Artesanato
nov
29
Sex

As feiras de artesanato envolvem muitos aspectos que podem proporcionar êxito à carreira dos artesãos. Listamos alguns deles para que você possa entender a importância desses eventos:

1. Nessas feiras você terá acesso a novas ideias e tendências para incrementar, melhorar e inspirar o seu trabalho;

2. É uma oportunidade de expor as suas obras para uma grande quantidade de pessoas, o que, consequentemente, pode proporcionar o aumento da clientela;

3. O contato direto com o público é um outro ponto importante e extremamente positivo para a fidelização de clientes;

4. O retorno imediato do público sobre as suas peças faz com que você saiba quais são as que estão dando certo e quais precisam ser melhoradas e modificadas;

5. Há nesses eventos uma expansão de relacionamento com os fornecedores.

Dicas para participar das feiras de artesanato como expositor

1. O primeiro passo é fazer uma lista com todas as feiras da sua região que você gostaria de participar. Verifique as datas e, principalmente, os preços de aluguel dos estandes. É interessante reservar sempre 10% do lucro dos seus trabalhos artesanais para investir em cursos, divulgação e, inclusive, em participação como expositor nesse tipo de evento.

2. Pesquise qual é a feira ideal para o seu negócio e para as suas pretensões. Existem feiras em que o objetivo dos visitantes é apenas conhecer, já em outras é comprar materiais e produtos prontos. Analise para descobrir qual é a melhor opção para atingir os seus objetivos.

3. Antes de fazer o seu cadastro, verifique as regras instituídas pelos organizadores da feira. Essas informações são fundamentais para você descobrir se realmente o tipo de evento te atende e para se enquadrar nos requisitos estabelecidos.

4. Para se cadastrar como expositor, você deve preencher um formulário que se encontra disponível no site da organização da feira. Você responderá a questões sobre o tipo de artesanato que faz e quais são as peças que pretende expor. Em alguns casos é necessário escrever um texto sobre o seu trabalho ou ainda pode haver um processo mais burocrático, como editais. Se atente para não correr o risco de ficar de fora.

5. Não deixe de planejar! É necessário planejar desde a criação dos produtos que serão expostos até a forma como eles ficarão à mostra no seu estande para despertar a atenção do público. Por isso, se programe com antecedência:

6.  E o mais importante: não se esqueça de divulgar a sua participação na feira. Publique em suas redes sociais e comunique aos amigos e familiares mais próximos para que eles contribuam com a divulgação boca a boca.

7. No dia do evento, leve materiais de divulgação, como cartões de visita e folhetos. Assim é possível que o público mantenha contato com você mesmo após a feira.

8. Além dos materiais de divulgação, leve um book do seu trabalho. Já que não conseguirá levar todos os seus produtos, essa é uma forma de fazer com que o público conheça as suas outras peças.

9. Não deixe de conversar com outros artesãos que estiverem expondo na feira. Cada um carrega uma bagagem e um conhecimento que podem ser aproveitados no seu negócio.

10. Não fique esperando apenas o público ir até você! Convide as pessoas para visitar o seu estande, converse e explique a sua arte. Essa interação faz toda a diferença na hora das pessoas escolherem um artesanato para levar para casa, além de levar a uma fidelização de clientes. ma dica é tentar ficar mais próximo à entrada, pois ao entrar na feira o público ainda não está cansado, não gastou o dinheiro e nem viu ainda produtos similares aos seus

Fonte: https://www.revistaartesanato.com.br/