Mestre Salu e seu legado cultural serão celebrados na Fenearte

.

VER NOTÍCIAS CADASTRAR ARTESÃO

PESQUISAR ARTESÃO/ARTISTA

Mestre Salu e seu legado cultural serão celebrados na Fenearte

Mestre Salu, falecido em 2008, era conhecido por sua versatilidade. Dez de seus 15 filhos levam adiante sua herança artísticaFoto: Diego Nigro/Arquivo Folha

 

Um dos mestres mais conhecidos da cultura popular pernambucana será o homenageado da 19ª edição da Fenearte(Feira Nacional de Negócios do Artesanato), que vai ocorrer entre os dias 4 e 19 de julho.

Manoel Salustiano, o Mestre Salu, é conhecido por sua versatilidade: era músico, cantor e dançarino em brincadeiras como cavalo marinho, forró de rabeca, mamulengo, ciranda, coco e maracatu rural, para os quais também atuava como artesão, confeccionando instrumentos e indumentárias. Detentor de renome internacional, Salu faleceu em agosto de 2008, e o fato da Fenearte ter sua história como tema emocionou sua família. 

"É uma notícia maravilhosa. Mais do que um reconhecimento por tudo que ele fez pela cultura de Pernambuco, é uma prova de que o legado dele não permanece vivo só em nós, os filhos", diz Maria Imaculada Salustiano, a Moca.

"Tudo o que Salu plantou continua vivo, os encontros de cavalo marinho, a associação de maracatu rural, a Casa da Rabeca, as pontes que possibilitaram que outros mestres também pudessem mostrar o que sabem ao resto do mundo. Ele foi e é muito importante para Pernambuco, e a gente agradece a homenagem e acha muito justo que ele tenha sido lembrado", complementa o cantor Maciel Salu.


Comentários

Banda Xinelo Rasgado - 23/04/2018 - 17:33

Merecida homenagem, a quem sempre lutou pra manter viva a nossa cultura.


Curtiu o Assunto? Visite seu patrocinador abaixo: